Emagrecimento

Uma visão inovadora sobre o emagrecimento, a partir de uma abordagemintegral do ser humano, que possibilita não apenas a perda de peso, como também uma melhora considerável da qualidade de vida.

Minha vasta experiência como médico Psiquiatra e Nutrólogo me fornece a capacidade de avaliar as questões relacionadas à obesidade e demandas de emagrecimento sob uma ótica integral. A obesidade é um problema de saúde pública em todo o mundo. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos, um em cada três americanos já é diabético ou pré-diabético. No Brasil, entre os anos de 2007 e 2017, o número de obesos aumentou espantosos 110%, e hoje um em cada 5 brasileiros é obeso e mais da metade da população das capitais brasileiras está com excesso de peso. Sei que não há novidade nesses números, mas acredito que nunca é demais levanta-los. É importante que tenhamos o entendimento do que pode estar causando essa alteração tão significativa nestes índices, e uma visão sistêmica, capaz de levar em consideração várias perspectivas da alimentação, se faz necessária. Daí parte a primeira preocupação desse protocolo, que busca avaliar a alimentação sob os seguintes aspectos:

  • Quanto comemos
  • Como comemos
  • Quando comemos
  • O que comemos
  • Porque comemos

Toda caloria é igual

Com certeza você já ouviu ou pensou assim. É de extrema importância entender que a caloria é uma unidade de medida laboratorial, e que seu comportamento ao ser ingerida vai variar de acordo com o alimento ao qual ela se refere. É sabido hoje que, quanto mais rápido é absorvido um determinado alimento, mais insulina será secretada, e por consequência mais gordura será formada. Assim, por mais que um pedaço de doce tenha o mesmo número de calorias de um bife de frango, por exemplo, ele gerará mais gordura, pelo fato de ser absorvido mais rápido no processo digestivo.

O que conta são quantas calorias que ingerimos e quantas gastamos

Outra correlação sem fundamento, e quem já se submeteu a uma dieta ou simplesmente tentou por conta própria emagrecer sabe do que estou falando. Quando você aumenta sua queima calórica (através de exercícios físicos, por exemplo), automaticamente sua fome vai aumentar. Da mesma forma, se você diminuir sua ingestão de calorias, seu ânimo para a prática de atividades físicas vai diminuir. Isso ocorre pois nosso corpo tem algo como uma memória de peso, e o único jeito de alterá-la é mudando a quantidade de insulina que nosso corpo secreta durante as refeições, algo que tem direta relação com o que e quando comemos.

Somos capazes de controlar nossa fome

Controlar a fome de maneira consciente é impossível. Seria o mesmo que eu lhe dizer, após correr uma maratona, para mentalizar que você não tem sede e, portanto, não deve tomar água. Em geral, pessoas obesas sentem fome o tempo todo justamente por sua condição física, e não o contrário. Há muita insulina circulando em seu organismo, o que faz com que as células não liberem acesso à energia depositada. Assim, o círculo vicioso se alimenta, gerando uma sensação de insaciedade ou fome permanente.

Minha larga experiência como médico psiquiatra e nutrólogo me credencia a apresentar os melhores caminhos para se vencer essa batalha. Por meu consultório já passaram mais de 5.000 pacientes, e garanto que muitos deles tinham uma queixa semelhante a essa, afirmando que fazem dietas milagrosas e, no final, a perda de peso não é realidade.

O programa de Emagrecimento que proponho baseia-se principalmente na visão integral que minha formação me proporciona. Além de uma análise profunda sobre a condição física do paciente, amparada por detalhados exames laboratoriais, agrego uma abordagem exclusiva sobre a mente do paciente, trabalhando no cerne das questões que, por diversas vezes, bloqueiam seu desenvolvimento em direção aos seus objetivos. O tratamento é associado à orientação de profissionais das áreas de nutrição e psicologia, com o intuito de oferecer uma dieta balanceada à condição do paciente e elaborar treinamentos para que o mesmo seja capaz de lidar com as emoções do seu dia a dia. O emagrecimento pode ser uma demanda, mas é fundamental que identifiquemos as principais dificuldades enfrentadas por cada um nessa batalha contra a balança.

Faça contato, conheça as etapas do processo e surpreenda-se com os resultados, não apenas de peso, mas principalmente de qualidade de vida.

Depoimentos

Marque agora uma consulta com o Dr. Frederico Porto para atendimento em Belo Horizonte e São Paulo

Conheça alguns dos nossos tratamentos

CHECK UP DO CÉREBRO

LONGEVIDADE E SAÚDE INTEGRAL

CONTROLE DO ESTRESSE E ALTA PERFORMANCE

ME SIGA NAS REDES SOCIAIS E FIQUE POR DENTRO DE TODO CONTEÚDO PUBLICADO